logo


Apoio

apoioCapes

Ações previstas

Este projeto prevê a realização de ações em várias frentes:

  1. Orientação de alunos de mestrado, doutorado e iniciação científiica. Dentre os pós-graduandos do grupo, pelo menos 6 realizarão estágio em outra unidade participante, dentro do programa de mobilidade nacional. Adicionalmente, pelo menos 4 alunos serão co-orientados por docente de outra unidade participante
  2. Capacitação de Doutores: 4 estágios de pós-doutoramento em laboratórios dos docentes participantes
  3. Disciplinas de Pós-graduação: oferecimento aos membros da rede e à comunidade disciplinas regulares em nível de pós-graduação abertas à participação de alunos das unidades participantes e de outras universidades, a saber: Introdução à Biologia de Sistemas (USP), Introdução à Programação para Bioinformática (USP), Algoritmos de Bioinformática (USP), Bioinformática Instrumental (USP), Inteligência Artificial Aplicada à Bioinformática(UFPR), Bioinformática Estrutural (UFMG), Probabilidade e Estatística para Bioinformática (UFMG) , Ferramentas para Mineração Genômica (UFMG), Estudos de Genoma, Transcriptoma e Proteoma (UFMG), Algoritmos para Bioinformática (UFMG), Montagem de Genomas (UFPA), Análise da Expressão Gênica (UFPA), Metagenômica (UFPA), Filogenômica (UFPA), Evolução Molecular (UFPA)
  4. Organização de 4 workshops com 4 cursos de curta duração cada com conteúdo associado às linhas de pesquisa, pelos grupos participantes (1 workshop em cada unidade). Em cada workshop um curso será oferecido em inglês por pesquisador internacional e outros 3 por docentes dos outros grupos participantes, visando capacitação e estabelecimento de sinergias. Os cursos dos workshops serão abertos à comunidade acadêmica e contarão com a participação de alunos dos centros remotos. Estuda-se a transmissão das disciplinas por videoconferência.
  5. Atividades de divulgação: os bolsistas do programa Irão ministrar palestras de divulgação em escolas de segundo grau. As palestras serão desenvolvidas pelos docentes de cada unidade. Cada bolsista irá lecionar ao menos uma palestra por ano, num mínimo de 36 palestras.
  6. Capacitação científica de alunos do ensino médio através de programa de pré-iniciação científica sendo, no mínimo 4 em São Paulo (USP) e 2 em Belém (UFPA)
  7. Realização de curso de Extensão “Desvendando a Bioinformática” para alunos do ensino médio de colégio público, com oferta de 1 curso no segundo semestre de cada ano do projeto. O curso será ministrado por docentes e mestrandos do PPG Bioinformática (UFPR), com carga horária de 32 horas, conforme preconizado na Resolução vigente na UFPR.
  8. Desenvolvimento de ferramentas e metodologias para bioinformática, contemplando as áreas temáticas do projeto da rede.

Copyright @2014 - 2016 / Todos os direitos reservados